Um convite a Amadeu e a Zé Renato: ouçam o sentimento coletivo da torcida do Sousa!

Um convite a Amadeu e a Zé Renato: ouçam o sentimento coletivo da torcida do Sousa!

O que escrevo neste post é fruto do que ouvi nas ruas da cidade de Sousa após a vitória do Dinossauro sobre o Botafogo paraibano por 1 x 0 pela repescagem à semifinal do Paraibano 2018, em 07 de março do ano 2018.

Não escrevo (aqui neste texto) uma única linha ou palavra com base em entrevistas prestadas por dirigentes do Sousa no intervalo ou após aquele jogo. Muito menos escrevo com base na opinião de colegas da crônica esportiva sousense que cobriram o fato.

Ouvi da torcida do Sousa. Torcida anônima, pedreiros, serventes, padeiros, comerciantes, estudantes, secretárias, adolescentes, crianças, donas de casa, borracheiros, seguranças, enfim, ouvi do povo: “o Sousa foi prejudicado pela arbitragem no Sousa 1 x 0 Botafogo de 07 de março de 2018”.

Repito: não foi nenhum comentarista que me disse e o que transcrevo não é a opinião de um blogueiro: apenas reproduzo o que ouvi da torcida nas avenidas, comércios e repartições pela cidade Sorriso: “inverteram faltas para o Botafogo”; “inventaram faltas a favor do Botafogo”; “não aplicaram cartões amarelos ou vermelhos aos jogadores do Botafogo”; “amarelam o time do Sousa inteiro”; “o Sousa foi prejudicado pela arbitragem naquela quarta-feira”.

E o mais grave também tenho escutado, para absolvição da crônica e dos diretores do Sousa: “lá em João Pessoa, no jogo da volta, vai ser pior”. Não é uma pessoa que diz, é um sentimento coletivo, é uma conclusão de quem foi ao Marizão.

Senhor Presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF) Dr. Amadeu Rodrigues, Senhor Diretor-Presidente da Comissão de Arbitragem da FPF Dr. José Renato, seria má-educação e deselegância pedir-lhes vergonha na cara – até porque entendo que o sistema impõe a homens fracos de caráter determinadas práticas não recomendáveis à ética ou à boa convivência e às vezes alguns fenômenos fogem ao controle das autoridades, e quem de nós poderia acusar outrem de caráter duvidoso ou conivência com o poder econômico ou político (?) [nenhum de nós, a não ser algum pusilânime!]. Mas venho expressar um convite: venham a Sousa conversar com quem viu o jogo Sousa 1 x 0 Botafogo de 07 de março! Não escutem apenas o rogo dos dirigentes do Sousa! Escutem a massa Alviverde, o torcedor mais simples, o pipoqueiro da esquina: eles têm um pedido a fazer: “em João Pessoa, próxima quinta-feira, deixem o jogo ser decidido entre os 22 jogadores em campo – evitem a interferência indevida da arbitragem”!

É um pedido sem ironia e por bem-querer ao futebol.

Do Garotão nas Redes / por Zeca Boleta

Pernambucano radicado no RN: Jason Vieira faz campanha de campeão com o Sousa

Pernambucano radicado no RN: Jason Vieira faz campanha de campeão com o Sousa

Não veio do Sul, é perseguido pela arbitragem na Paraíba, trabalha com seriedade e disciplina e já convalesceu por duas vezes o Auto Esporte e agora, também pela segunda vez, o Sousa.

O treinador Jason Vieira corou sua segunda passagem pelo Sousa Esporte Clube com uma aula tática na noite desta quarta (07/março) sobre o técnico Leston Júnior do Botafogo.

O placar foi magro, apenas 1 x 0, mas foi suficiente para quebrar a invencibilidade do Botafogo, reverter a vantagem do empate e podemos anotar que o goleiro Alencar Baú (do Sousa) fez uma única defesa no jogo – a quem diga que nesta quarta-feira ele nem suou o Manto Sagrado.

À frente do Dino desde a terceira rodada do Paraibano 2018 em 24 de janeiro, quando recebeu a equipe após saída do Cleibson Ferreira, Jason venceu (de cara) o clássico com o Atlético (2 x 1), depois o Treze no PV (0 x 1), empatou com a Desportiva no Marizão (1 x 1) e perdeu para o CSP em João Pessoa (1 x 0). Mas depois coordenou quatro vitórias seguidas para arrancar à classificação à repescagem: R07 – Sousa 2 x 0 Serrano; R08 – Atlético 0 x 1 Sousa; R09 – Sousa 2 x 1 Treze; R10 – Desportiva 0 x 2 Sousa. E agora assinala a sétima vitória do Sousa no certame (quinta seguida) ao vencer o Botafogo por 1 x 0 em jogo de ida válido pela repescagem à semifinal.

No jogo da volta com o Botafogo, na próxima quinta-feira (15/março), pelo que tem feito nos últimos anos a arbitragem paraibana sob o comando do ex-apitador José Renato, Jason deverá ser expulso ainda no primeiro tempo [ isso pode acontecer se o treinador gritar ao tentar orientar um dos seus jogadores ].

Mas quem vai defender o treinador Jason? – É treinador do Sousa, não é do Botafogo, nem do Treze e nem do Campinense. É o Jason, um técnico trabalhador e vencedor.

Do Garotão nas Redes / por Zeca Boleta

Esquerdinha arrebenta com o Botafogo e volta a declarar amor ao Sousa

Esquerdinha arrebenta com o Botafogo e volta a declarar amor ao Sousa

Meia e capitão do Sousa Esporte Clube, Esquerdinha fez uma das melhores partidas com o Manto Sagrado do Dinossauro em 2018.

Entrevistado pela equipe do narrador Eugênio Rodrigues (da Rádio Líder FM 97.1) ao final da partida, o Capita voltou a declarar amor ao Sousa:

– Quando optei por ficar no Sousa, eu que sou aqui da cidade vizinha [Uiraúna], até meus familiares foram contra. Mas eu tenho muito amor pelo Sousa e respeito pelo presidente. Então não vamos parar por aqui, Deus ainda tem muita coisa boa reservada pra gente.

Do Garotão nas Redes / por Zeca Boleta

Invicto nada: Sousa 1 x 0 Botafogo e com gol do Diego Neves

Invicto nada: Sousa 1 x 0 Botafogo e com gol do Diego Neves

O Sousa não tomou conhecimento do Botafogo na noite desta quarta-feira (07/03/2018) e venceu o primeiro jogo da repescagem à semifinal por 1 x 0, gol do atacante Diego Neves.

Com arbitragem central do Eder Caxias – muito contestada pela diretoria do Sousa ao final da partida – o Dinossauro quebrou a invencibilidade do Botafogo e reverteu a vantagem do empate que era do clube pessoense.

O jogo da volta acontecerá na próxima quinta-feira (15) em João Pessoa.

Do Garotão nas Redes / por Zeca Boleta

Procuradores abrem investigação para apurar morte de jogador da Fiorentina

Procuradores abrem investigação para apurar morte de jogador da Fiorentina

Procuradores italianos abriram uma investigação para apurar se a morte de Davide Astori, zagueiro e capitão da Fiorentina, pode ser considerada um homicídio culposo (quando não há intenção de matar). A autópsia acontecerá nesta terça-feira.

Antonio de Nicolo, procurador da Udine, na Itália, cidade onde os atletas estavam concentrados para disputar a 27ª rodada do Campeonato Italiano, disse em entrevista à TV RAI que a autópsia será realizada para “descobrir se isso foi uma trágica fatalidade ou se alguém poderia ter detectado algo”. Além disso, Nicolo indicou que não há indícios de homicídio doloso (quando há intenção) ou suspeita sobre qualquer pessoa. O velório de Astori será realizado na quinta-feira, em Florença.

Na Itália, os procuradores são obrigados a investigar casos dessa natureza. “O que nos faz questionar essa versão (de morte natural) é o fato de estarmos falando de um jovem atleta, que é acompanhado de perto por doutores, porque ele é um profissional. Se ele tivesse qualquer problema cardíaco, eles já saberiam, já que os atletas são constantemente submetidos a exames”, explicou.

Na manhã do último domingo, Davide Astori, de 31 anos, foi encontrado morto na concentração da equipe, com a suspeita de que tenha sofrido um ataque cardíaco enquanto dormia. Diante da situação, a federação suspendeu a rodada do Campeonato Italiano.

Da Gazeta Esportiva

Pelo Brasil: em rodada de clássicos, Cruzeiro bate Galo e Fla vence Bota

Pelo Brasil: em rodada de clássicos, Cruzeiro bate Galo e Fla vence Bota

Muita rivalidade, jogos pegados e alguns erros de arbitragem caracterizaram a rodada de clássicos no fim de semana. No campeonato carioca, o Flamengo enfrentou o Botafogo no estádio Nilton Santos e levou a melhor sobre o rival mais uma vez. O gol foi marcado pelo zagueiro Rhodolfo, em posição de impedimento, ainda no início do jogo. A partida ficou marcada pela expulsão de Vinicius Júnior. No fim, vitória rubro-negra: um a zero. Em Xerém, o Fluminense venceu o Volta Redonda por dois a um. Os três pontos deixaram o Tricolor na liderança do grupo B. Já no estádio Kleber de Andrade, no Espírito Santo, Vasco e Boavista fizeram uma partida eletrizante. Depois de sair atrás no placar, o Gigante da Colina virou a partida e garantiu o triunfo: quatro a três.

Em São Paulo, igualdade no clássico alvinegro. Santos e Corinthians jogaram para mais de 37 mil presentes no Pacaembu. Com chances claras para os dois lados, o Timão saiu na frente aos 19 minutos da primeira etapa: gol de Renê Júnior. O Peixe lutou, e aos 41 minutos da segunda etapa, o jovem atacante Diogo Vitor, que havia acabado de entrar, deixou tudo igual e deu números finais à partida: um a um. Após o jogo, provocações e reclamação dos santistas por um pênalti não marcado. No interior paulista, recuperação tricolor. Com o gol da vitória nos minutos finais, o São Paulo bateu o Linense por dois a um e voltou a vencer após três partidas.

Alegria azul em Minas Gerais. No maior clássico do estado, Atlético Mineiro e Cruzeiro se enfrentaram no Independência e o líder absoluto do campeonato não tremeu diante do rival. Raniel marcou o único gol da partida, que garantiu a Raposa na liderança do estadual: Atlético Mineiro zero, Cruzeiro um.

Surpresa na primeira rodada do segundo turno do campeonato paranaense. O Coritiba perdeu para o Maringá por três a zero no Couto Pereira. Cianorte e Paraná empataram em dois a dois. Já o Atlético Paranaense derrotou o União por um a zero.

No Catarinense, vitória do visitante no clássico. O Avaí foi até Joinville e venceu o JEC por dois a zero. O Criciúma foi com tudo para cima do Concórdia e goleou por cinco a dois, mesmo fora de casa. Inter de Lages e Chapecoense não saíram do zero a zero, mesmo placar de Figueirense e Tubarão.

Fechando o giro pelos estaduais, festa das maiores torcidas no Gauchão. O Internacional atropelou o São José no Beira-Rio por quatro a zero. Já o Grêmio foi até o Alfredo Jaconi e bateu o Juventude por dois a zero, gols de Madson e Jael.

A bola continua rolando nesta segunda-feira (5). O Palmeiras encara o São Caetano, no Allianz Parque, às oito e meia da noite.

Da Agência do Rádio Mais / por Raphael Costa

Trio CBF vai apitar Sousa x Botafogo; confira escala completa

Trio CBF vai apitar Sousa x Botafogo; confira escala completa

O mata-mata pré-semifinais, ou repescagem como queiram, do Paraibano 2018 vai começar nesta quarta-feira 07 de março de 2018. O Sousa vai receber o Botafogo e o Serrano será anfitrião para o CSP. Confira a escala de arbitragem completa.

 

Repescagem às semifinais

 

Marizão, 07.03.2018 – qua – 20:30

Sousa _x_ Botafogo

A/C: Éder Caxias – CBF João Pessoa

A1: Oberto Santos – CBF Santa Rita

A2: Márcio Freire – CBF Campina Grande

AR: Adeilson Sales – FPF João Pessoa

 

Amigão, 07.03.2018 – qua – 20:30

Serrano _x_ CSP

A/C: Francisco Santiago – FPF João Pessoa

A1: Luis Filipe – CBF Cabedelo

A2: José Maria Neto – CBF Cabedelo

AR: Laurismar Alves – FPF Campina Grande

 

Quadrangular da Morte

 

Almeidão, 07.03.2018 – qua – 20:30

Auto Esporte _x_ Atlético

A/C: Renan Roberto – CBF João Pessoa

A1: Josiel Ferreira – CBF João Pessoa

A2: Glaydson Francisco – FPF João Pessoa

AR: Afro Rocha – FPF João Pessoa

 

Silvio Porto, 07.03.2018 – qua – 20:30

Desportiva _x_ Nacional

A/C: João Bosco Sátiro – CBF João Pessoa

A1: Tarcísio José – FPF João Pessoa

A2: Giovani da Silva – FPF João Pessoa

AR: Gutemberg Pereira – FPF João Pessoa

O destaque Sousa, a vergonha Atlético e a campanha dos sertanejos no PB2018#1Fase

O destaque Sousa, a vergonha Atlético e a campanha dos sertanejos no PB2018#1Fase

Três clubes sertanejos voltaram a disputar um Campeonato Paraibano de Futebol Profissional Série A em 2018: juntaram-se ao Sousa o Atlético (desde 2017) e o Nacional de Patos (agora em 2018).

Pelo Grupo A, o Sousa garantiu classificação ao mata-mata pré-semifinais e vai enfrentar o todo-poderoso (e queridinho da Federação Paraibana de Futebol e da arbitragem) Botafogo.

Também pelo Grupo A, o Nacional de Patos fará companhia ao Auto Esporte no quadrangular da morte.

Pelo Grupo B, apesar de todas as mentiras e fantasias vomitadas “por parte” da crônica esportiva cajazeirense, o Atlético também vai disputar o quadrangular da morte e vai junto com a Desportiva Guarabira.

O Sousa terminou a 1ª Fase na terceira colocação do Grupo A, com 20 pontos em 10 jogos, atrás do Botafogo com 22 e do Campinense com 23. O Dino coleciona 06 vitórias, 02 empates e 02 derrotas. Marcou 12 gols, sofreu 06 e anota saldo positivo de 06. A campanha aponta 66,7% de aproveitamento.

O Nacional de Patos findou a 1ª Fase na quarta colocação do Grupo A, com 19 pontos em 10 jogos. O Canário agrupa 06 vitórias, 01 empate e 03 derrotas. Guardou 09 gols, sofreu 06 e anota saldo de 03. A campanha referencia 63,3 % de aproveitamento.

O Atlético de Cajazeiras sofreu para terminar a 1ª Fase na quarta colocação do Grupo B, com míseros 08 pontos em 10 jogos. Ficou atrás do Treze com 14, do CSP com 13 e do Serrano com 11 pontos (e à frente apenas da Desportiva com 05). Somou apenas 02 vitórias e 02 empates, contra 06 vergonhosas derrotas. Marcou 09 gols e sofreu 16, saldando negativamente -07 gols. O aproveitamento é pífio: apenas 26,7% de aproveitamento: envergonhando o Sertão mais uma vez.

Quando alguns estranham porque na cidade Sorriso o Dinossauro Verde do Sertão é chamado de #MaiorDoSertão números iguais aos citados explicam.

Do Garotão nas Redes / por Zeca Boleta

Sousa garante classificação frente à Desportiva e Alencar Baú confirma boa fase

Sousa garante classificação frente à Desportiva e Alencar Baú confirma boa fase

O Sousa venceu a Desportiva Guarabira neste domingo (04.03.2018) com gols do atacante Diego Neves (26min/1T) e do volante Gleidson (19min/2T) [duas cobranças do capitão Esquerdinha], mas o goleiro Alencar Baú garantiu o Dino no jogo ao defender um pênalti cometido com 1 min de jogo e por tabela defendeu caminho para o Dinossauro confirmar classificação à próxima fase do Estadual 2018.

No início da última semana os comentaristas Fortunato Jr. e Vinicius Zidane Olegário foram provocados por um ouvinte, na Resenha Garotão nas Redes, e não titubearam ao cravar o goleiro Alencar Baú como o melhor do Sousa na primeira fase do certame estadual e o melhor goleiro do Paraibano 2018.

Depois do jogo de hoje não há mais o que discutir: Alencar Baú é o melhor do Sousa e o melhor goleiro do campeonato até o final desta décima rodada do Paraibano 2018.

Do Garotão nas Redes / por Zeca Boleta

Resultados da #10Rodada e classificação final da #1Fase do Paraibano 2018

Resultados da #10Rodada e classificação final da #1Fase do Paraibano 2018

Uma  10ª rodada com emoção e resultados previsíveis, a exemplo da vitória do Sousa sobre a Desportiva e da goleada sofrida pelo Atlético para o Botafogo.

Pelo Grupo A o Campinense garantiu classificação direta às semifinais e pelo Grupo B, apesar da campanha de rebaixamento, o Treze também conseguiu classificação direta.

Para a fase de mata-mata pré-semifinais, pelo Grupo A Sousa x Botafogo jogam a ida dia 07 de março (quarta) e a volta dia 15 de março (quinta) Botafogo x Sousa. Pelo Grupo B Serrano x CSP jogam a ida dia 07 de março (quarta) e a volta dia 15 de março (quinta) CSP x Serrano.

O quadrangular da morte será disputado por Atlético de Cajazeiras, Nacional de Patos, Auto Esporte e Desportiva Guarabira – a perlenga começa dia 07 de março.

 

O resultados da #10 Rodada

 

Estádio Silvio Porto, 04.03.2018, 16:00

Desportiva 0 x 2 Sousa

 

Estádio PV, 04.03.2018, 16:00

Serrano 0 x 1 Nacional de Patos

 

Estádio Almeidão, 04.03.2018, 16:00

Botafogo 4 x 1 Atlético

 

Estádio Amigão, 04.03.2018, 16:00

Campinense 2 x 0 Treze

 

Estádio Carneirão, 04.03.2018, 16:00

Auto Esporte 1 x 1 CSP

 

Do Garotão nas Redes, por Zeca Boleta