Pernambucano radicado no RN: Jason Vieira faz campanha de campeão com o Sousa

Não veio do Sul, é perseguido pela arbitragem na Paraíba, trabalha com seriedade e disciplina e já convalesceu por duas vezes o Auto Esporte e agora, também pela segunda vez, o Sousa.

O treinador Jason Vieira corou sua segunda passagem pelo Sousa Esporte Clube com uma aula tática na noite desta quarta (07/março) sobre o técnico Leston Júnior do Botafogo.

O placar foi magro, apenas 1 x 0, mas foi suficiente para quebrar a invencibilidade do Botafogo, reverter a vantagem do empate e podemos anotar que o goleiro Alencar Baú (do Sousa) fez uma única defesa no jogo – a quem diga que nesta quarta-feira ele nem suou o Manto Sagrado.

À frente do Dino desde a terceira rodada do Paraibano 2018 em 24 de janeiro, quando recebeu a equipe após saída do Cleibson Ferreira, Jason venceu (de cara) o clássico com o Atlético (2 x 1), depois o Treze no PV (0 x 1), empatou com a Desportiva no Marizão (1 x 1) e perdeu para o CSP em João Pessoa (1 x 0). Mas depois coordenou quatro vitórias seguidas para arrancar à classificação à repescagem: R07 – Sousa 2 x 0 Serrano; R08 – Atlético 0 x 1 Sousa; R09 – Sousa 2 x 1 Treze; R10 – Desportiva 0 x 2 Sousa. E agora assinala a sétima vitória do Sousa no certame (quinta seguida) ao vencer o Botafogo por 1 x 0 em jogo de ida válido pela repescagem à semifinal.

No jogo da volta com o Botafogo, na próxima quinta-feira (15/março), pelo que tem feito nos últimos anos a arbitragem paraibana sob o comando do ex-apitador José Renato, Jason deverá ser expulso ainda no primeiro tempo [ isso pode acontecer se o treinador gritar ao tentar orientar um dos seus jogadores ].

Mas quem vai defender o treinador Jason? – É treinador do Sousa, não é do Botafogo, nem do Treze e nem do Campinense. É o Jason, um técnico trabalhador e vencedor.

Do Garotão nas Redes / por Zeca Boleta